Imagem do post 1

Internet não mata sua vida social


Muita gente acredita que a Internet gera isolamento, que as pessoas acabam ficando mais em casa e por ai vai. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, prova que isso não é uma verdade, que a Internet não matou a vida social das pessoas.

Eu não posso reclamar, desde os 7 anos que fico grudado na tela do computador. Isso me fez ter uma pele digna de ator do filme Crepúsculo, exercitei minha lógica e encontrei a mulher da minha vida (sim, eu casei via Internet praticamente). Mas aprendi a equilibrar, não pode se casar com seu micro, você precisa de gente e arejar também!nerdbirthday

A pesquisa realizada nos Estados Unidos pela consultoria Pew Research Center mostra que o isolamento social dos adultos americanos quase nada mudou desde 1985.

O levantameno aponta que 6% dos entrevistados declararam não ter ninguém, ou nenhum grupo, “com quem possam discutir assuntos que consideram importantes”, índice três vezes maior que o registrado em 1985.

Entre os usuários de web, no entanto, 61% disseram conversar com seus vizinhos ao menos uma vez por mês. Além disso, 45% declararam ser mais propícios a visitar um café ou restaurante do que os que não usam os novos recursos da internet.

O estudo revela, ainda, que os usuários de redes sociais frequentam bibliotecas 52% mais vezes do que as pessoas “off-line” e visitam parques públicos 42% mais vezes.

A consultoria conclui que o crescimento do número de americanos que não possui uma vida social ativa não tem relação direta com o surgimento de smartphones ou redes sociais. Ao contrário, a Pew acredita que a evolução da web tem sido responsável pelo aumento da participação dos americanos nas vidas uns dos outros.

fonte: TI Inside

Posts similares

Comentários