Imagem do post 3

O Bombeiro e o Padre


A parte mais legal do meu trabalho é o contato com as mais variadas personalidades que você pode imaginar por esse mundo a fora. Eu sempre digo que é uma troca. Eu ensino, mas aprendo muito mais e é isso que faz a missão valer a pena no dia a dia.

Eu insisto que quando transformamos nosso hobby em profissão, a vida fica mais divertida, o tempo é melhor aproveitado e o resultado financeiro é mais compensador.

Na semana retrasada, eu fiz um treinamento de gestão de tempo – Triad Training, em Brasília. O curso estava lotado com diversas pessoas do governo e empresas da região, entre elas o Corpo de Bombeiros.

Estava presente um major que afirmou que os bombeiros não podem ser considerados os “reis da urgência”, pois eles não são! Boa parte (acima de 80%) do tempo dos bombeiros é dedicado ao planejamento, prevenção e preparação e não a apagar incêndios. Eles focam no importante para que não vire urgente.

Então, nunca mais fale que você é um “bombeiro corporativo”, porque isso não é verdade.pastor Bombeiro de verdade é planejado!

O segundo personagem desse curso foi o Padre Fernando, que literalmente é uma figura. Ele trabalhou com RH antes de ser padre e, atualmente, uniu sua missão pastoral à missão de treinador.

Ele dá cursos sobre relacionamento, negociação, atendimento ao cliente, etc. Bem legal a história, mas o mais interessante é que ele é 100% high tech!

Ele usa o Whatsapp para falar com os fiéis e, desta forma, evita ter que escrever um e-mail muito longo. Prepara seus sermões gravando idéias no celular e depois escrevendo no GDocs. Além disso, o Padre conhece um monte de dicas para usar melhor o Skype, Facebook, etc!

Resumindo, é a igreja, fazendo uso da tecnologia como aliada para unir  as pessoas.

Só para você ter ideia, existem empresas bem estruturadas que não conseguem conquistar 10% dessa produtividade usando a tecnologia.

Talvez seja a hora de ter um evangelista no seu grupo… Pense nisso!

Posts similares

Comentários