Imagem do post 2

Por que as listas de “algum dia” não funcionam?


Tenho certeza que alguma vez, quando não queria se esquecer de algo, você colocou a tal tarefa na famosa lista de “algum dia” para fazer. Estou certo ou não?

 

E digo isso porque eu mesmo já tentei usar essa abordagem e já vi inúmeras pessoas tentarem usar, mas simplesmente não funciona na maioria dos casos.

Deixo aqui as principais razões para você evitar essa prática: 

 

1 – Lista de procrastinação – Esse é o nome correto da lista de “algum dia”. Você coloca ali coisas que acha legal e nunca acaba fazendo. Aí passam os prazos, a coisa perde o sentido, ou simplesmente não é mais possível de fazer.

 

2 – Sem prazo, sem ação – É muito provável que tarefas que ficam soltas nessa lista nunca sejam feitas, pois não há um prazo que você deseja executá-las. No mundo sem tempo que muitos vivem é quase uma utopia encaixar algo que não foi programado, não é verdade?

 

3 – Pouca revisão – Se você não criar o hábito de revisar essa lista frequentemente, acaba não servindo para nada! E a tendência natural a esse tipo de lista é apenas crescer e raramente esvaziar.

 

4 – Não há associação com itens relevantes – Se uma tarefa qualquer não estiver associada a algo que irá trazer um benefício à sua vida, você não a realizará espontaneamente. Por isso, uma lista de atividades apenas fica sem relevância e, por consequência, sem execução.

 

5 – Não é para coisas práticas – Tudo que parece legal é colocado nessa lista e acaba tendo coisas na lista que você nunca realmente fará, se torna uma lista de sonhos distantes. Tipo aquele curso de apicultura que você acha interessante, mas nunca vai fazer.

 

Se identificou? Então que tal começar a colocar em prática o que realmente é importante para você e, o que não for, desencana… Não gaste energia e nem tempo com o que não trará os resultados que você tanto deseja.

Posts similares

Comentários