Imagem do post 1

Por um Ano Novo diferente


Como estamos no começo do ano, seria muito útil repensar como foi ano passado e criar um ano novo melhor. Eu acredito que nunca devemos nos contentar em ficar na mesma, algo deve mudar. E se algo deve mudar a reflexão deve começar com você mesmo, a partir das suas atitudes e escolhas.

My-New-Year-Strategic-Plan-20101

Para começar a pensar em um ano novo diferente, sugiro que reserve pelo menos uns 20 minutos para esse exercício. Pegue uma folha de papel, coloque na horizontal e escreva no topo 2016. Faça um T na folha e em cada espaço escreva:

– O que fiz e devo continuar fazendo?

– O que fiz e não deveria mais fazer?

– O que deixei de fazer e devo persistir no próximo ano?

Faça uma lista de coisas para cada um desses espaços no T e, em seguida, releia os itens. Particularmente, sugiro que depois de escrever todos os itens, retome o exercício no dia seguinte, revisando tudo que escreveu.

Essa releitura dará um panorama geral de como foi seu ano anterior, das coisas importantes, das circunstâncias e das metas que podem ajudar você no novo ciclo. Essa folha deveria ser anexada na sua agenda do próximo ano para que você tenha contato com as coisas que quer e as que precisam ser deixadas de lado.

Em outra folha, ou no verso da mesma folha, pense nas coisas que gostaria de realizar no ano novo. Coisas realmente viáveis e que possam começar e terminar no próximo ano (para facilitar o processo de planejamento). Depois de listar, faça um X nas metas que proporcionam simultaneamente à sua vida mais equilíbrio (bem estar, saúde, relacionamentos, etc) e resultados (finanças, carreira, bens, etc). Das que tiverem o X marcado, selecione apenas 2 e descreva pelo menos 10 ações práticas que te ajudarão a executar esse objetivo.

Quando planejo meu ano, eu gosto de escrever uma carta, fechar e deixar para abrir no meio do ano. Não tenho nenhuma pesquisa sobre isso, mas eu adoro ler aquilo que planejei e ver o que andou. Você pode tirar uma cópia dessas folhas e colocar na carta, pois a original deve ficar sempre com você.

Experimente fazer e compartilhe os resultados.

Só não vale deixar a vida correr frouxa, ou repetir os erros velhos no ano novo, pois isso se torna um hábito e quando você reparar está com 80 anos e reclamando das coisas que deixou de fazer. O tempo passa rápido para quem não controla as coisas que faz na vida!

Um excelente recomeço!