Imagem do post 3

Profissionais sem FOCO


foco

Foco não é uma coisa muito fácil de ter e manter, mas sem ele a produtividade vai literalmente para o ralo. Um profissional sem foco em uma equipe é um problema, por diversas razões, entre elas, ele é o primeiro a desfocar outros bons profissionais também. Sua baixa performance parece aos olhos dos outros profissionais, “bem vista”, se o líder não der um feedback pontual sobre o assunto.

O profissional sem foco é aquele que chega logo cedo na sua mesa e fala: “fiz tal coisa”, “você viu aquele assunto x?”, “nossa isso aqui ficou muito legal”, etc. Quando esse profissional faz alguma coisa ele gosta de mostrar aos quatro cantos, pra dizer que algo foi feito.

Eu coloco uma frase no meu MSN, de um autor que desconheço que acho fantástica, e que precisamos pregar na empresa para os desfocados:

Quem quer fazer faz! Quem não quer, arruma uma desculpa.”

Profissional sem foco não é má pessoa, muito pelo contrário, na maioria dos casos ele nem percebe que perde seu foco e que mata o foco do time. Óbvio que existem os sem foco por má vontade e pura negligência, nesse caso é um profissional que precisa ser “deletado” da equipe.

Veja algumas dicas para lidar com profissionais sem foco na sua equipe:

1 – Dê um feedback franco e honesto sobre sua produtividade. Mencione a sua falta de foco com indicadores precisos.

2 – Ajude o desfocado a entrar na linha, você pode ser um guardião do foco alheio, para que a pessoa perceba seus momentos de perda de atenção e crie um hábito de policiamento pessoal.

3 – Planeje a semana com a pessoa, dê tarefas claras, com prazos limites e acompanhe esses prazos. Esteja aberto para que a própria pessoa negocie os prazos com você.

4 – Agenda uma tarefa para você verificar os itens do planejamento que foram feitos, elogie a conclusão e dê feedback caso as expectativas tenham ficado muito distantes da sua.

5 – Se nada adiantar é o momento de desligar a pessoa, por melhor que seja a capacidade profissional, a falta de foco consome o tempo do profissional e muitas vezes da equipe e isso é pior que encarar uma nova contratação.

Posts similares

Comentários