Imagem do post 3

Seja a Mamangava


A primeira vez que fiz o Empretec (curso para empreendedores da ONU/Sebrae) na minha vida, teve uma frase que o instrutor falou que me marcou:

“Foi estabelecido cientificamente que a mamangava não pode voar. Sua cabeça é grande demais e suas asas pequenas demais para sustentar o corpo. Segundo as leis da aerodinâmica, ela simplesmente não poderia voar. Mas ninguém disse isso à mamangava. E assim ela voa”

mamangava2

A mamangava é a abelha que faz a polenização do Maracujá e outras plantas, pelo que pesquisei. É também um lema, uma forma de você encarar a vida, que adotei pessoalmente.

Quando eu comecei a Triad todo mundo me chamava de louco, falavam que não ia passar dos primeiros meses, etc…. enfim, a empresa cresceu e agora estamos a um passo de atuar no mercado americano pra valer.

Fechamos com uma das maiores empresas globais de alimentos uma série de soluções Triad, não teve pra Covey, Allen, Smith, Mission, etc. Uma empresa brasileira ganhou por inovação, conhecimento e resultados.

É impressionante o quanto o brasileiro não valoriza o brasileiro, quando falamos que a Triad é nacional o pessoal faz cara desconfiança, se falasse que era americano, já confiam.. Brasileiro não gosta de ver Brasileiro dar certo. Brasileiro não acredita em Brasileiro!

Outro dia li um comentário de um cara que falava que a metodologia da Triad fez sucesso lá fora do dia pra noite. Mentira! Eu demorei 10 anos pra fazer sucesso do dia pra noite. Nada acontece sem esforço.

Agora, meu próximo desafio euaé fazer o americano aceitar que um “ser não americano” possa competir de igual para igual com eles… mas eu vou junto com a mamangava… pelo menos cabeça grande nós dois temos! ahahahah

Em breve conto para vocês as novidades pelo mundo gringo….

Posts similares

Comentários