Imagem do post 3

Síndrome da segunda-feira


Hoje é segunda-feira! Um dia que começa a gerar angústia no domingo quando acaba o Fantástico e você lembra tudo que tem para ser feito na manhã seguinte. Muita gente gostaria que a segunda não existisse, mas aí seria terça a coitada a ser “açoitada em praça pública”.

Você se identificou com esse contexto? Então, é hora de começar a rever alguns conceitos da sua vida, carreira e, principalmente, a respeito de como tem vivido o seu tempo. Será que não está na hora de ser mais assertivo? De dar mais sentido para o seu tempo? De começar a realizar mais objetivos? De trocar de emprego ou de carreira, se não sente realização com o que faz?

Ainda não te convenci de que você tem uma doença – a síndrome da segunda-feira – e precisa de um tratamento sério para não jogar tantas linhas da sua história no lixo do esquecimento? Então, vamos lá! Vou te mostrar alguns sintomas da síndrome da segunda-feira:

SINTOMA 1:

Excesso de Prioridades – Segunda é o dia da semana que concentra o maior volume de atividades. Por isso, muita gente se desespera e acaba perdendo o controle das prioridades no resto dos outros dias.

MEDICAÇÃO PREVENTIVA:

Mantenha a segunda-feira sob controle evitando agendar reuniões, reduzindo o número de atividades, distribuindo as tarefas ao longo da semana e incluindo menos horas no planejamento desse primeiro dia. Assim, você não corre o risco de ficar extremamente esgotado logo no primeiro dia da semana e acabar procrastinando os próximos dias de trabalho.

SINTOMA 2:

Falta de sentido – Se ir trabalhar para você não tem um FORTE PROPÓSITO é possível que você tenha perdido o tesão por aquilo que está fazendo. Nem sempre a empresa tem como manter você motivado diariamente.

MEDICAÇÃO PREVENTIVA:

Nesse caso, cabe a você achar algo que te dê prazer para realizar as atividades que fazem parte da sua rotina. Pode ser descobrir uma nova forma de fazer algo, ajudar pessoas, resolver um problema, etc. Sem um motivo, sem tempo fica sem sentido e tudo fica chato.

SINTOMA 3:

Não tem VOCÊ no seu dia – Você chega na segunda e olha para sua lista de prioridades, mas nela não tem nada que seja para você. Parece que você sabe cuidar de tudo e todos, mas esquece da pessoa mais importante da sua vida.

MEDICAÇÃO PREVENTIVA:

Experimente colocar alguma coisa que seja importante exclusivamente para você na segunda-feira, como uma atividade física, um almoço em um lugar diferente, fazer a unha, tomar um chopp, etc.

SINTOMA 4:

O mesmo chefe, a mesma sala, o mesmo trabalho – Se você não aguenta mais a função que exerce atualmente, seu ambiente de trabalho, seu chefe, seus colegas ou seu trabalho, já passou da hora de tentar negociar uma mudança ou buscar uma nova oportunidade.

MEDICAÇÃO PREVENTIVA:

Quem não tem a síndrome da segunda-feira não tem nenhuma dificuldade para desapegar daquela rotina medíocre e se entregar a um novo desafio. Afinal, se não agrega mais valor a sua vida, não perca mais tempo!

Não deixe a síndrome da segunda-feira atacar a sua vida! Habitue-se a colocar mais sentido no seu dia a dia para se tornar responsável pelas suas conquistas. Não seja a vítima da sua história, porque não haverá ninguém para te salvar e, enquanto você procura culpados, existem muitas outras pessoas aí fora que estão conquistando resultados grandiosos com um esforço que você não quis ter.

Pare de culpar a segunda-feira pela sua falta de propósito!

Posts similares

Comentários