Pular para o conteúdo
Início » Como conciliar trabalho e família: 3 dicas e 23 ideias de atividades

Como conciliar trabalho e família: 3 dicas e 23 ideias de atividades

Como conciliar trabalho e família? Como ter mais tempo para os filhos? Como encontrar equílibrio na vida profissional?

A maioria de nós é apanhada em um turbilhão de atividades que começam na segunda-feira de manhã, terminam na noite de domingo e depois começam tudo de novo. 

O tempo passa à medida que corremos para concluir tarefas urgentes relacionadas a trabalhos de malabarismo, administrar a casa, levar nossos filhos, nossos pais, parentes e cônjuges para o trabalho, escola, compromissos e compromissos. 

No entanto, todos reconhecemos que passar um tempo de qualidade juntos é a melhor maneira que temos de mostrar um ao outro que nos importamos e que nossas famílias são importantes.

Quero compartilhar alguns aprendizados que podem ajudá-lo neste desafio.

Veja os tópicos que irá encontrar:

Sumário

Importância do tempo com a família

Esse fim de semana participei do evento CEO’S Family Workshop, do João Doria Jr., que reúne 300 famílias de CEO´S de grandes empresas Brasileiras. É um evento muito gostoso de participar e de ver, por valorizar essa relação entre pais atarefados & filhos.

Muitos empreendedores e executivos de alto escalão vivem apregoando por ai que para chegar ao topo é preciso escolher entre o sucesso e sua família. Alguns chegam a afirmar que é impossível ter resultados com equilíbrio.

Eu acho que podemos ter o melhor dos dois mundos, que é sucesso com família junto, ou não vai valer a pena lá na frente. E isso é mais do que uma pressão da empresa, é uma questão de escolha pessoal.

Enquanto nossos filhos são pequenos, acredito que até seus 15 anos, eles tem uma vontade intrínseca de serem nossos amigos, de querer partilhar o mundo deles, de chamar a atenção, etc. Depois dos 15 (talvez com 13) eles têm seu próprio mundo, seus amigos, suas escolhas e ai quem não vai ter tempo pra gente são eles.

Se você não conquistou a amizade, o respeito e o carinho dos seus filhos, depois de certa idade, tudo fica mais difícil, não impossível, mas mais complicado.

Como dividir melhor o tempo entre trabalho e família?

O importante é você se tocar, que de nada adianta você ficar trabalhando 20 horas/dia na empresa, encher o bolso de dinheiro e depois não ter família para aproveitar tudo isso. De que adiantou?

Se você não preenche o tempo dos seus filhos e da sua esposa, alguém vai fazer isso por você. Peça a Deus que não seja o traficante, as amizades ruins ou coisa pior. Faça o hoje um tempo que te dê orgulho, quando você tiver 90 anos de idade e olhar para trás.

3 dicas de como conciliar trabalho e família

Uma boa forma de trazer essa questão à tona é justamente escancarar as atividades.

1 – Faça uma lista das atividades da família

Sentem juntos um dia e listem tudo que o casal, a família realiza. Com os nomes de quem tem sido o responsável pela execução (isso pode te chocar pois em geral a lista é bem desbalanceada) , depois classifiquem as atividades de acordo com a Tríade.

Inclua também atividades de lazer, passeios, planos de viagem, etc. Essas atividades prazerosas no meio da rotina agitada são estimulantes e fortalecem os valores do casal e da família nos momentos difíceis.

2 – Analise cada atividade

Feito isso e analisando as atividades vejam o que pode ser delegado, o que você pode ceder e o que o bom senso pode ajudar.

Não dá para ter 100% de importante, isso é irreal, mas se ele for maior e bem negociado, as outras prioridades e a vida como um todo pode ficar muito mais fácil.

3- Crie uma agenda compartilhada

Você deve reservar um tempo para isso na sua agenda, esse tempo para fazer as atividades da família. Sejam elas importantes ou circunstanciais.

23 ideias de atividades para fazer com a família

Estar no mesmo lugar, mas não juntos, não ajuda a criar relacionamentos. Se você for a algum lugar fora de casa, como um museu ou uma galeria de arte, priorize ficar junto para experimentar as coisas em família.

Abaixo estão sugestões de atividades para você e sua família fazerem juntos. Crie variedade para tornar as coisas interessantes e novas para todos. Programe essas atividades em sua agenda, para que o trabalho não apareça e o afaste do tempo em família:

  1. Jogar jogos de tabuleiro
  2. Faça caminhadas
  3. Pratique algum esporte em família
  4. Escolha um filme em família para assistir juntos
  5. Visite um parque estadual
  6. Visite um parque nacional
  7. Vá a um museu
  8. Ir a um concerto ao ar livre
  9. Assistir a um teatro
  10. Confira os eventos locais em sua comunidade
  11. Ir pescar
  12. Jogue um esporte de quintal como futebol ou volêi
  13. Ir à igreja
  14. Ir nadar
  15. Vá acampar mesmo que seja no seu próprio quintal
  16. Andar de bicicleta
  17. Vá a uma praia
  18. Vá a um parque
  19. Faça um picnic
  20. Planeje e cozinhe uma refeição juntos
  21. Faça feriados e aniversários uma celebração
  22. Leia livros em voz alta (especialmente para famílias com crianças menores)
  23. Ir a uma feira ou parque temático

Como conciliar carreira e filhos?

Infelizmente a vida não permite que estejamos 100% do tempo com nossos filhos (ou felizmente, porque ficar 100% do tempo com meu filho também seria muito chato para ambos!).

Talvez quando você saia de casa, eles ainda nem acordaram e quando você chega estão dormindo.

Nesse caso a gente precisa é querer criar momentos para os filhos. As oportunidades são inúmeras, como por exemplo:

  • Os finais de semana que você poderia deixar o smartphone e o notebook de lado e passar tempo de verdade com eles.
  • Desenvolver a rotina de jogar videogame ou jogos educativos como um banco imobiliário/jogo da vida, lembrar deles no meio do dia com um simples telefonema e dizer que sentiu saudades e perguntar como eles estão,etc.
  • Se você fica sempre até mais tarde na empresa, porque não pedir ½ período para o seu chefe de um dia mais tranquilo e fazer uma surpresa para os filhos?

Nessa fase de minha vida, apesar do volume de viagens, eu tenho tempo com meus filhos. Quando chego em casa eles ainda estão acordados e conversamos, eu ajudo meu mais velho no computador e estou dando algumas aulas de programação.

Eu tenho altos papos com meu filho mais novo, que quer empreender mas não sabe o que ainda.

Eu coloquei o meus mais velho (e agora o mais novo vai entrar) no Tênis de sábado, assim a gente fica na mesma aula juntos e cooperando para jogar, que acaba criando um vínculo de confiança mútua (ele já me contou diversos segredos).

Para mim é sagrado, pelo menos dois períodos por ano de férias em família, para um lugar com foco nas crianças.

Apesar de que o João Doria Jr., o Gilberto Cury (da SBPNL) e outros amigos fazem uma coisa bem interessante, que em breve irei fazer: viagens individuais, de curta duração com cada um dos filhos.

Eles dizem que é uma forma de aproximação e doação única! Vou experimentar a fórmula, em breve.

Como se organizar para ter mais tempo para família?

Recebi uma pergunta pelo facebook que achei interessante de compartilhar com os leitores, afinal essa pode ser uma questão bem comum:

“…tenho três filhos pequenos e minha esposa é bastante dependente de mim, muitas coisas que considero estar na esfera circunstancial é relativo a ter que sempre estar fazendo coisas para eles. Você tem alguma dica para lidar com esse exemplo?”

Em primeiro lugar é importante dizer que a classificação entre importante, urgente e circunstancial é algo extremamente pessoal. Para uma pessoa, ir ao supermercado pode ser totalmente circunstancial (algo feito sem vontade, por pura necessidade ou obrigação), já para outras pessoas pode ser algo importante. Não é cabível julgamento nessas situações.

Quando entendemos isso nos tornamos capazes de compreender porque muitas pessoas da mesma família brigam, criam conflitos desnecessários ou até começam a se anular nas relações. O simples fato de termos percepções diferentes da tríade das atividades diárias é fator de confusão. Esse conceito se aplica tanto para uma empresa, uma equipe ou na sua casa.

Para mim, ir ao supermercado é uma atividade circunstancial, é chato, não tenho o menor prazer em fazer isso. Eu vou porque a minha esposa sempre me pede com aquela cara de agente de imigração e assim fica difícil escapar (as vezes o ‘não’ funciona). Isso não vai mudar para mim – pelo menos não agora. Por outro lado, tenho amigos que amam ir ao supermercado (em geral os cozinheiros), ou seja, é super importante, divertido para eles. Classificação da tríade é algo muito pessoal.

O problema é quando você só faz coisas circunstanciais e nem coloca a sua opinião na relação. Aí fica desgastado, chato e dá aquela vontade de sumir. Só que a outra parte, que está só em casa, tocando o dia a dia, também fica cansada e cheia de coisas que acha que o outro deveria fazer. Em alguns momentos você tem que ceder, em outros precisa aprender a dizer não e certas situações exigem que ambos cheguem a um consenso.

FAQ

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notify of
guest
3 Comentários
Mais votado
Mais novo Mais antigo
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Acabe com a PROCRASTINAÇÃO e comece a ter resultados em sua vida!

X