Pular para o conteúdo
Início » #16 Dicas e ferramentas para desenvolver sua criatividade

#16 Dicas e ferramentas para desenvolver sua criatividade

Qual é o conceito de criatividade e o que significa ser criativo? Existem pessoas sem criatividade? De que forma posso estimular a criatividade na minha vida? Por que o profissional precisa desenvolver a criatividade e inovar?

Reuni neste artigo algumas das informações mais relevantes e também técnicas de criatividade que podem te ajudar a ser mais criativo.

Acompanhe até o final para entender mais sobre a importância da criatividade na sua vivência pessoal e profissional, e ver dicas valiosas de como desenvolver a criatividade no seu dia a dia.

Vamos abordar os seguintes tópicos:

Sumário

O que é criatividade

Criatividade é a capacidade de transformar ou criar novos métodos e ferramentas para executar tarefas de maneira original. 

Quando falamos sobre criatividade, estamos falando de uma competência comum a todos os humanos. Afinal, o motor da evolução da espécie humana foi o nosso potencial criativo. 

É muito comum ouvir alguém dizendo “não sou criativo”. Na verdade, o que essas pessoas não sabem é como desenvolver sua criatividade. 

Já explico melhor o que significa ser criativo e mostro como você pode se tornar um.

O que é ser criativo

Ser criativo é ter sensibilidade de perceber deficiências e saber conectar ideias para criar respostas inéditas.

Especialmente quando me deparo com um problema que é comum a muitas pessoas, sei que ali existe uma oportunidade importante para elaborar algo novo. 

Quem tem a criatividade apurada, é capaz de analisar a questão sob diferentes perspectivas, vislumbrar saídas inusitadas e inovar.

Por mais que o perfil criativo de cada indivíduo seja diferente, a criatividade é uma função da mente humana. Seu desenvolvimento só depende de ter bons incentivos.

Mas por que ser criativo é importante? Descubra a seguir.

A importância da criatividade

A habilidade de ser criativo definiu a nossa realidade enquanto espécie e poderá definir o futuro da sua carreira e suas relações pessoais. 

Um estudo de 2016 chamado “State of Create” mostrou que pessoas que se reconhecem como criativas têm resultados 70% acima da média, seja como empregados, líderes, estudantes ou pais/mães de seus filhos.

Nesse mesmo estudo, os dados apontaram que os criativos ganham 13% a mais que os demais e se sentem 53% mais felizes que a média.

Agora, se a criatividade já é importante para todos nós, diria que para empreender ela é fundamental. 

Os primeiros a farejar uma lacuna e formular uma resposta diferente, tendem a ganhar a preferência dos clientes.

Benefícios da Criatividade

  • Sensibilidade para identificar mais facilmente as brechas no mercado
  • Imaginação para refletir sobre soluções originais
  • Conexão rápida de ideias para conferir se a saída criada é viável
  • Possibilidade de economizar tempo e recursos financeiros
  • Aumento das chances de alcançar a liderança

Criatividade e inovação

Criatividade e inovação são conceitos intimamente ligados. 

Porém, o conceito de criatividade refere-se à habilidade potencial de alguém, abstrata, enquanto a inovação está relacionada à concretização daquela ideia, à ação que produz resultados reais. 

Em outras palavras, indivíduos capazes de “pensar fora da caixa” são criativos. Mas eles só serão inovadores se trouxerem sua criação para o contexto real, para efetivamente fazer acontecer.

Criatividade e disrupção

Há ainda um terceiro conceito muito relacionado à criatividade e inovação que vale a pena mencionar. É o conceito de disrupção. 

A disrupção acontece quando uma inovação traz uma transformação muito profunda, capaz de impactar todo o mercado. Disrupções não acontecem a todo momento.

Ou seja, a criatividade é o primeiro passo, a habilidade inicial que precisa ser desenvolvida e poderá resultar em uma inovação. Essa inovação talvez possa provocar uma disrupção. 

Ainda que sua criação não seja disruptiva, tenha em mente que mesmo pequenas iniciativas inovadoras já podem trazer um grande impacto. 

Criatividade e produtividade

Como a criatividade impacta o nível de produtividade de uma pessoa? É simples.

Uma pessoa criativa é capaz de associar ideias para encontrar soluções otimizadas frente aos desafios. 

É alguém que consegue utilizar melhor os recursos disponíveis para inovar e se tornar ainda mais produtivo.

Empresas que investem na criatividade conseguem aumentar a produtividade dos seus colaboradores, proporcionando melhor experiência para seus clientes e, consequentemente, resultados financeiros melhores (State of Create, 2016).

Caso a produtividade também seja um problema para você, sugiro que aprenda como organizar e planejar melhor sua rotina neste guia completo da produtividade.


Continue a leitura para aprender como exercitar sua criatividade.

Como estimular a criatividade

Em geral, pessoas ligadas à atividades artísticas ou de criação recebem o rótulo de “criativas” com mais frequência que outras. 

Fato é que a criatividade é uma habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa,  independentemente de suas características pessoais, preferências e atividades. 

Independentemente de quem você seja ou com o que trabalhe, você pode se tornar alguém mais criativo.

Nos tópicos a seguir listei 6 hábitos fáceis que vão ajudar você a desenvolver a criatividade.

1- Introduza arte no seu cotidiano

Seja ouvir músicas, ler, ir à exposições ou assistir filmes, consumir diferentes tipos de arte vai te colocar em contato com o incomum.

Através da arte você visita realidades desconhecidas e interpreta sob uma ótica diferente da sua.

Costumo sugerir principalmente que leiam muito, de dois ou três livros por mês. 

Quem não lê, não abre a cabeça para novas ideias e não se prepara para aproveitar oportunidades.

2- Aprenda habilidades incomuns

Assimilar novas habilidades não relacionadas à sua profissão permite que você possa criar novas versões de você mesmo. 

Novos pensamentos e comportamentos que vão alterar seu modelo mental e estimular a criatividade na sua rotina.

Se diferenciar é essencial para o sucesso profissional. 

Limitar seu conhecimento ao que foi aprendido em sala de aula junto com os demais colegas significa repetir o que provavelmente já será feito por eles.

Neste vídeo falei um pouco sobre como novas habilidades podem torná-lo disruptivo:

Você é disruptivo? https://www.youtube.com/watch?v=BqhtgzKDHWg&t=93s

3- Estude idiomas

Além de importante para qualquer profissional, um novo idioma te possibilita conhecer novas pessoas e culturas. Interagir com outros estilos de vida gera insights valiosos. 

Neste vídeo, entrevistei a médica neurologista Dra. Letizia Borges que trouxe dicas de como podemos facilitar nosso processo cognitivo, aumentando nossa criatividade e produtividade.  

Neurologia e produtividade: https://youtu.be/2FjowuNAYNg

4- Faça atividades físicas

Como dito no guia sobre produtividade, nosso corpo foi feito para se movimentar. 

Escolha um exercício físico que você goste e pratique na frequência que funciona pra você.

A atividade não deve ser uma tortura e sim algo compatível com a sua realidade. Só assim você conseguirá realizá-la com consistência.

Um corpo saudável proporciona mais qualidade de vida e cria condições para que seu cérebro seja mais criativo.

5- Pratique meditação

A meditação traz benefícios cientificamente comprovados para o cérebro: previne doenças psiquiátricas, combate a insônia, facilita a concentração etc. 

Um estudo da Universidade Leiden, de 2014, comprovou que determinadas técnicas de meditação fomentam a criatividade, mesmo em iniciantes.  

Se quiser saber mais sobre o assunto, a Neotriad fez um webinário a respeito dos benefícios cientificamente comprovados da meditação:

Webnário Meditação & Produtividade: https://www.youtube.com/watch?v=QNuvFONEKno

6- Registre suas ideias

Às vezes somos surpreendidos por boas ideias no meio de uma atividade trivial. Minha sugestão é que você não se apresse em descartá-las.

Crie o hábito de registrá-las, mas evite cadernos ou pedaços soltos de papel que você pode perder. Use alguma ferramenta apropriada para manter a organização.

Quando suas ideias estejam seguras, sua mente afasta a preocupação de esquecê-las ao mesmo tempo em que se abre novamente para que a criatividade volte a fluir.

Como adotar hábitos para estimular a criatividade

Na internet se fala muito sobre aquela bobagem de que 21 dias são suficientes para que um hábito seja incorporado. 

O que poucos falam é que esse número não tem comprovação científica. 

Cada pessoa tem seu próprio ritmo, que pode ser menor ou maior que esse tempo. Na verdade, o prazo pouco importa. 

Para criar um hábito o fundamental é ter consistência e repetição, de preferência na mesma hora e local, todos os dias. Falo mais sobre isso neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=LYRO6Jyh-p8.

Veja a seguir mais sobre as técnicas de criatividade mais famosas no mundo.

Técnicas de criatividade

Muitas empresas já têm o costume de utilizar técnicas específicas para estimular a criatividade dos seus colaboradores. 

Reuni 5 dos métodos mais famosos para usar de inspiração na sua vida pessoal e profissional.

1- Brainstorming

Talvez seja a técnica mais conhecida para despertar a criação de soluções inovadoras. 

Nessa dinâmica o problema chave é apresentado e os participantes começam a dar palpites sem nenhum tipo de freio, por mais mirabolantes que pareçam ser. 

É importante que todos se sintam à vontade para inventar, sem medo de críticas. 

As sugestões só são analisadas, e eventualmente descartadas, depois de encerrada a dinâmica, no momento da avaliação final.

2- Brainwriting

É uma técnica muito parecida com o Brainstorming, mas é realizada em silêncio e com mais organização. 

Nela, cada participante anota suas ideias e passa o papel para o próximo complementar ou acrescentar outras sugestões. 

Após algumas rodadas, as ideias mais votadas são analisadas. 

3- Mapa mental

Esta ferramenta foi criada com base no modelo de  funcionamento dos processos mentais. Ela ajuda a organizar o raciocínio e superar bloqueios criativos

No centro do mapa deve estar a ideia ou problema principal. 

A partir dele puxamos setas para apontar problemas secundários relacionados, insumos necessários, recursos disponíveis ou soluções possíveis que sua criatividade ajudou a elaborar. 

4- Associação de ideias

No método de associação de ideias alguns objetos e/ou palavras são escolhidos aleatoriamente, sem conexão aparente. 

O exercício consiste em buscar alguma associação ou comparação entre eles, seja considerando seus aspectos físicos ou conceituais. 

Com esta dinâmica, prestamos atenção em ângulos incomuns, que usualmente passariam despercebidos. Na prática muitos insights criativos podem surgir deste tipo de desafio.

5- Descontinuidade

Esta é uma atividade muito simples de ser praticada pois consiste em mudar forçadamente um pequeno hábito que te coloque em contato com elementos diferentes da realidade que te cerca.

A mudança pode ser, por exemplo, passar a ir ao trabalho de bicicleta, saltar num ponto de ônibus diferente, escolher outro caminho, praticar um esporte distinto ou mudar a padaria que frequenta.

Exemplos de criatividade no dia a dia

Além dos hábitos e técnicas de criatividade apresentados, existem também algumas mudanças de comportamento que podem trazer resultados interessantes para seu potencial criativo.

Trago 5 sugestões de exemplos práticos que qualquer pessoa pode adotar no seu cotidiano.

1- Observe mais o mundo ao seu redor

Deixe os smartphones de lado por alguns instantes. 

Ao sair de casa, procure dedicar um tempo para observar as pessoas ao seu redor. Veja como se comportam, se relacionam, quais interesses e dores elas possuem.

2- Converse com pessoas de fora do seu círculo

Sempre que possível no seu dia a dia, converse com alguém que não faz parte do seu círculo comum de contatos. 

Mesmo que seja uma conversa curta, busque aprender algo a partir do que foi dito. Ainda que o aprendizado seja a respeito de alguma coisa que você não quer ter ou fazer.

3- Questione a realidade

Temos como hábito assumir que determinadas coisas “sempre foram assim”. Mas imaginar as coisas de outra forma é um excelente exercício para a criatividade. 

Questione-se sobre coisas triviais do cotidiano e tente visualizar como poderia ser diferente.

4- Seja curioso

É comum que a gente ignore ou se limite a conhecer superficialmente a maior parte das coisas que cruzam nosso dia a dia. Procure quebrar esse hábito sempre que possível. 

Quando se deparar com uma palavra, objeto, curiosidade ou personalidade que não conhece, faça uma pesquisa rápida. Alimente seu cérebro com informações úteis.

5- Não seja perfeccionista

Uma pessoa perfeccionista adquire entraves mentais que a impedem de criar e executar com mais desenvoltura. 

O senso crítico muito exacerbado aumenta o nível de estresse e insegurança, prejudica a criatividade e ainda pode ser fatal. 

Se você se considera perfeccionista e quer saber como se livrar dessa característica, sugiro conferir esse vídeo:

Não seja perfeccionista! I Christian Barbosa: https://www.youtube.com/watch?v=N8e0Js2b4Og

Essas são algumas das ferramentas indicadas para fortalecer sua criatividade e fazer a mente fervilhar de ideias novas. Agora só falta descobrir como colocá-las em prática, certo?

Então, confira nosso tópico bônus!

Bônus: como colocar as ideias em prática?

Em primeiro lugar, é preciso verificar se essa ideia realmente vale a pena ser posta em prática. 

Pergunte-se: sua ideia resolve o problema de muitas pessoas? Quais resultados ela pode trazer para sua vida?

Para chegar a uma resposta confiável, um bom ponto de partida é falar sobre a sua ideia com pessoas que conhecem melhor do assunto ou que serão diretamente impactadas por ela. 

Essas conversas podem trazer insights determinantes.

Se a sua criatividade elaborou uma ideia valiosa, os próximos passos são:

  • aprofunde seu conhecimento sobre o tema: pesquise, faça um brainstorm
  • monte o projeto: divida sua ideia em tarefas para facilitar a execução
  • desenhe sua ideia: visualize como ela ficará depois de implementada

Neste vídeo explico com mais detalhes sobre cada passo para tirar suas ideias do papel e também dou dicas de ferramentas úteis para te auxiliar:

Como tirar sua ideia do papel: https://www.youtube.com/watch?v=JjxvdjoprWI

Agora que você tem um verdadeiro mapa da criatividade nas suas mãos, qual das dicas você já pode adotar hoje mesmo? Comente abaixo e compartilhe com seus amigos que se acham “nada criativos”

FAQ – Criatividade

Comente também

O seu endereço de e-mail não será publicado.