Seja a Mamangava

A primeira vez que fiz o Empretec (curso para empreendedores da ONU/Sebrae) na minha vida, teve uma frase que o instrutor falou que me marcou:

“Foi estabelecido cientificamente que a mamangava não pode voar. Sua cabeça é grande demais e suas asas pequenas demais para sustentar o corpo. Segundo as leis da aerodinâmica, ela simplesmente não poderia voar. Mas ninguém disse isso à mamangava. E assim ela voa”

mamangava2

A mamangava é a abelha que faz a polenização do Maracujá e outras plantas, pelo que pesquisei. É também um lema, uma forma de você encarar a vida, que adotei pessoalmente.

Quando eu comecei a Triad todo mundo me chamava de louco, falavam que não ia passar dos primeiros meses, etc…. enfim, a empresa cresceu e agora estamos a um passo de atuar no mercado americano pra valer.

Fechamos com uma das maiores empresas globais de alimentos uma série de soluções Triad, não teve pra Covey, Allen, Smith, Mission, etc. Uma empresa brasileira ganhou por inovação, conhecimento e resultados.

É impressionante o quanto o brasileiro não valoriza o brasileiro, quando falamos que a Triad é nacional o pessoal faz cara desconfiança, se falasse que era americano, já confiam.. Brasileiro não gosta de ver Brasileiro dar certo. Brasileiro não acredita em Brasileiro!

Outro dia li um comentário de um cara que falava que a metodologia da Triad fez sucesso lá fora do dia pra noite. Mentira! Eu demorei 10 anos pra fazer sucesso do dia pra noite. Nada acontece sem esforço.

Agora, meu próximo desafio euaé fazer o americano aceitar que um “ser não americano” possa competir de igual para igual com eles… mas eu vou junto com a mamangava… pelo menos cabeça grande nós dois temos! ahahahah

Em breve conto para vocês as novidades pelo mundo gringo….

Este post tem 0 comentários

  1. Osvaldo Baratela

    Parabéns e Sucesso !

  2. Vc sabe o quanto fico feliz com o crescimento da Triad e é sempre bom saber que faço parte dessa família.

  3. Monica Loureiro Jorge

    Fico muito feliz com isso. Pelos seus livros ( agora já estou terminando de ler o segundo e já esperando pelo terceiro ) a gente vê que tudo foi batalhado e organizado.
    Estou me organizando para melhorar cada vez mais minha empresa também, com a ajuda do NEOTRIAD.

    Monica Loureiro

  4. Giovanna Vallinoto

    Assisti à sua palestra em Belém do Pará, e fiquei muito feliz em saber que temos um brasileiro de muito sucesso mostrando seu trabalho pelo mundo afora! E concordo com você quando diz que brasileiro não acredita no potencial do brasileiro, mas sou uma exceção … pois, além de acreditar em brasileiro, acredito muito no potencial do paraense, e tenho orgulho disso!
    Parabéns pelo seu sucesso e tô seguindo seus passos para gerir meu tempo, o que, no início, é difícil mas não impossível!
    Obrigada pelas dicas!

  5. Carolina Marques DIas

    Admiração, sim, é exatamente isto. Vc foi agraciado por Deus, e sua missão é passar adiante o que conquistou com muito empenho e dedicação. Sinto por não ter conhecido seu trabalho antes,mas
    com certeza focarei cada palavra, frase,conselhos, em meus estudos.
    Graças à vc.
    Abraços

  6. Tereza Raquel - Sergipe

    Sou uma anônima no mundo do corporativismo mas sempre busquei – e busco oportunidades de fazer, realizar e aperfeiçoar meus talentos. Trabalho numa multinacional prestando serviço terceirizado. Vim de berço de palha e está aonde cheguei é a prova de que sendo pequenina e levizinha como uma abelha, quase invisível, você tem que voar mesmo! No fime “Bee Movie” é um exemplo. Conta a estória de uma abelhinha que acaba de se formar na faculdade mas não se sente satisfeita em permanecer sendo e fazendo o que todo mundo é e faz durante toda a vida, e decide experimentar o “novo” o “desconhecido”. Minha meta agora é conseguir ser efetivada pela empresa. O que você falou é realmente verdade, é profundo e só sente isso quem sempre foi ao limite para conquistar seu espaço no mercado. Parabéns, Sr. Abelha! (Com todo respeito).

  7. Mariana

    Olá…tbm fiz o empretec ha um mes…e esse texto me marcou demais…sorte pra vc..

  8. Cláudia

    Olá! Estou fazendo um curso tbm pelo SEBRAE, e por ler esse textinho no curso q vim parar aqui. Fiquei curiosa em saber qual animal era a mamangava, e acabei me deparando com o seu bonito depoimento. Concordo com vc qnd diz que brasileiro ñ acredita em brasileiro. O q é uma grande bobagem, pois nos últimos anos os brasileiros sempre tem sido destaque nas principais publicações lá fora, principalmente no quesito criatividade.
    Graças a Deus, mudando a visão q fazem dos brasileiros lá fora, acredito q nós – os brasileiros – passemos a nos ver, não só como capazes, mas como eficientes e possíveis obstáculos a serem superados pelos países já com tradição nos negócios.
    Desejo toda a sorte a vc em seu empreendimento e dizer q vou me espelhar na sua força e perseverança para dar início e continuação ao meu projeto.
    Parabéns!!!

Deixe um comentário